causa:: agora tem Tuíter::Tuítem causa::, pois::


Em primeira mão, para apreciação dos nove ou dez leitores, o Tuíter de causa::

É isso. Com algum tempo de atraso, causa:: entrou no Tweeter. Custou esse tanto pelo fato de que o redator:: não dá muita bola para essas coisas. Recursos de pesquisa se faz com pesquisa, seja na Internet, ou em qualquer outro canto. Mas o redator:: foi surpeendido pelo aumento quase exponencial dos acessos aos postos sobre o evento Wikileaks. Não que os acessos, antes, fossem da ordem de meia-dúzia-de-três-ou- quatro. Não – como todos os que passam por aqui sabem, causa:: tem frequência assegurada pelos agora nove ou dez leitores assíduos. Os acessos, entretanto, nessa oportunidade, em específico, mais do que dobraram. Esse acontecimento fez o redator:: refletir: será que ajudaria anunciar com antecedência os postos que são colocados aqui com frequência irregular (em geral, pelo menos um ou dois por semana)? E mais: será que os assíduos gostariam de receber dicas de leitura e pesquisa? Perguntas, perguntas…

Bem, causa:: resolveu apostar, e fez um Tuíter (sem o sotaquezinho pernóstico de certos podcasts, claro – o redator:: insiste que este é um blogue nacional – além de nacionalista, claro…

O endereço é @bittenjn

Tuítem causa:: pois então. O redator:: agradece e promete melhorar o conteúdo tanto quanto possível a seus parcos recursos técnicos… Também agradecerá, penhorado e comovido, pela divulgação. E, sobretudo, apreciará dicas sobre o funcionamento da geringonça, que lhe é totalmente estranha. Então… Tuítem, divulguem, ajudem::

Anúncios

11 pensamentos sobre “causa:: agora tem Tuíter::Tuítem causa::, pois::

  1. bitt, só entrei no twitter porque você me achou, mas já tinha até esquecido a senha. Caláro que estou na mesma situação do Sérgio e não sei usar a bagaça. Só consegui acrescentar o NPTO nos blogs que frequento. Mas ele facilitou deixando um “following”. Não é uma boa idéia?

    • Albita, me diz uma coisa… o tal do Tuíter tá funcionando? E q lance é esse q o Logan deu o toque? Devo estar mais senil do que a medida, pois estou tentando aprender as funcionalidades do negócio e ainda não andei dez por cento, acho… (ófitopiqui – já imaginou o Adoniran Barbosa mexendo com essas coisas?..)

    • Comandante, mas o que diabos aconteceu? Foi rebaixado para tenente-comandante ou simplesmente expulso do MI6??? Bem, de toda forma, posso mudar o link que tenho na página principal de causa::? E o Tuíter do qual sou seguidor? Como fica?

  2. É só clicar no seu nome quando estiver no twitter, o endereço que aparecer na barra de endereços você copia e cola aqui.

  3. bitt, pra falar a verdade, ando me sentindo uma antepassada, ao menos neste setor. O que o Logan sugeriu, fiz pra conseguir entrar no tuíter. Agora, ontem à noite, descobri que vossa senhoria já tá numa prepotência de 18 seguidores! 🙂 Dessa seleta lista, me inscrevi como seguidora em alguns, como no PD (não sei se já descobriu, mas é só clicar com a direita naquela rodinha e ser acrescentado).
    Pra falar a verdade, acho que o Adoniran, lembrando as minhas primeiras lições do básico, como copiar e colar, por parte de alunos adolescentes, com caras entre incrédulas, depois exasperadas e por fim de grande comiseração, com que me olhavam, tsc, tsc. Eu o vejo, sei lá, mandando todo mundo visitar o Arnesto tomando o trem das onze, pra não dizer de outra forma. 🙂
    Ainda não descobri como conversar com as pessoas, mas já sei retuitar (putz! isso não lembra uma cançãozinha de 1900 e nada chamada “Eu já sei solfejar”?) É triste..
    Por outro lado, o Santiago, que sabe tudo de informática, chegou pra nos salvar. Acho que ele pode explicar direitinho como funciona a bagaça, além do Logan, é claro.

    Beijo

  4. Oi pessoal!

    Tudo bem?

    Bitt!

    Blz?

    Olha, posso dar meu “pitaco” como bem diz a Alba?

    Seguinte:

    Se você se acha o último a aderir conforme-se, não adirei tão cedo aliás, estive ontem numa “currutela” por nome “Goianópolis” (fica uns 30 Km longe de Pirinópolis-GO) e me apaixonei (só um “orelhão”, o único contato na Rede é por satélite no laboratório da Escola Estadual).

    Enquanto e porquanto a maioria quer agregar nas tecnologias de meu lado estou caçando um canto pra ficar bem longe delas (faltam sete anos prá me aposentar) quiçá esse recanto perdido servirá né?

    A desgraça nem existe no “Google Earth” mas é aprazível, uma “currutela” “de primeira” – se “engatar a segunda” tá saindo do lugarejo (hehe).

    Bitt, vai por mim, somos “gente de carta” pela idade.

    A cada tecnologia assimilada perdemos introspecção, sem ela a argumentação “foge”.

    As novas tecnologias demandam muito tempo, no fundo é isso e;

    Do fundo do coração, estou passando por todos os espaços que freqüento mais prá me despedir, mandar um abraço que, afinal, depois desses anos todos de Rede há que se ter consideração com os amigos e avisar “que se está saindo”.

    Atenciosamente:

    Alexandre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s