Um debate sobre o Rafale entre dois rafalistas::


Tive a grata surpresa de encontrar, na área de comentários da última postagem sobre o Rafale, o longo comentário do leitor (espero que assíduo…) Francisco AMX. O Francisco reclamava de minha parcialidade em torno do Eurofighter Typhoon, e resolveu assumir a defesa do Rafale. Mas o comentário é de tal forma consistente que resolvi transferir tudo da área de comentários para a área principal, como uma espécie de “contrapostagem”. Ao longo do ótimo texto do cara, que parece entender do assunto e estar atualizado, farei algumas observações para esclarecer minha posição. De cara, posso dizer que, ao contrário do que entendeu o Francisco, sou rafalista, e não tímido. O problema é que o texto foi editado a partir de uma fonte indicada, e o autor, este sim, parece adepto do Typhoon. De toda maneira, agradeço pela intervenção, e gostaria de contar sempre com comentários desse naipe::

Eu até ia comentar num “sentido” imparcial, mas percebi, sem muita dificuldade, que sua “análise” final ficou afetada, nota-se isso pela maior exposição de argumentos pró-tufão… Levemente, mas ficou (e o engraçado é que você se diz um torcedor/defensor do Rafale, caberia ao amigo contestar não acha? Ou não conseguiu?) [nota de causa:: sou “rafalista” do radomo ao exaustor do propulsor. Mas, como estava escrito lá, o texto é uma tradução editada a partir de uma fonte, que estava indicada. O autor do original, comentando o MMCRA indiano, é que parece ser typhoonista] Falam em agilidade superior do Typhoon, mas o que o mundo presencia, constantemente, são os “prêmios” de melhor apresentação nas últimas grandes feiras de aviação internacional, e em baixas velocidades!!! Seria mérito apenas do piloto? [nota de causa:: sobre a agilidade superior do Typhoon, é o único aspecto em que, acho, essa aeronave pontuaria. Digo isso pela posição dos canards, coisa que está bem colocada no texto. Os do Typhoon foram projetados para implementar a manobrabilidade da aeronave, o que caracterizaria uma aeronave de superioridade aérea, enquanto os do Rafale fornecem sustentação adicional (o tal do “arrasto erodinâmico”), o que implementa a carga alar e, por consequência, a estabilidade, mas não a agilidade. Segundo a documentação a que tive acesso, esses aspectos de uma e de outra aeronaves, foram comprovados em túnel de vento] Sobre o radar… Ora, o RBE2 AESA já está integrado, fará parte dos novos lotes F3 do Rafale a partir de 2012-2013. O radar CAESAR, pelo que se tem notícia recente, apenas engatinha, e com a crise, você realmente acha que estará pronto e integrado em 2014? Sou capaz de afirmar que não fica pronto em menos de 7 anos! [nota de causa:: não acho que devamos discutir o CAESAR, pelo simples fato de que, na vida real, não existe ainda tal coisa. O que existe é o CAPTOR, e o RBE2, um PESA, lhe é superior, menos no que tange ao alcance. Mas este aspecto pode ser compensado por implementação tática de enlace de dados, visto que o radar francês pode receber e tratar informações vindas de outras fontes] Esqueceram, também, eu não sei se falam isso na íntegra, de dizer que o Typhoon em seu T1 é tão diferente do atual que não poderá ser modernizado!? Que modernidade é esta? Isso eu chamaria de aventura, pois o projeto é caquético! Falam em projeto moderno, mas e o conceito? O conceito moderno de se ter uma aeronave multimissão de fato!? O Typhoon nunca foi pensado assim, logo, hoje, acaba sofrendo na integração de armas ar-solo e sensores externos… Eles se “encaixam”, mas integrar à aeronave que seria o correto… Aparece bem em fotos com muitas GBLus, isso sim… [nota de causa:: suponho que o Francisco esteja falando do “Tranche 1”, uma primeira versão do Typhoon, biplace, que entrou em serviço no início do século 21 e agora está sendo preparada para modernização. Era basicamente uma plataforma de treinamento e adaptação, e não consegui maiores informações do que isso, mas acho que não foi essa a versão oferecida aos EAU, mas alguma coisa resultante da adaptação do “Tranche 2”, introduzido em 2006-2007, inicialmente a versão de superioridade aérea. Esta versão agora está sendo encaminhada para modernização, um programa chamado de “lote 5”. Dizem eles que terá características multimissão] O Rafale além de ser multipropósito é capaz de mudar de missão em pleno vôo, desde que carregue as armas adequadas, o Typhoon não! Comentaram sobre as AASMs? [nota de causa:: abreviatura de Armament Air-Sol Modulaire, ou “armamento modular ar-solo”, que, ao que se diz, foi testado com êxito na Líbia. É um tipo de míssil que é “montado” conforme o propósito da missão, em torno de uma bomba convencional] E sua atual capacidade de acertar alvos em movimento? [nota de causa:: a capacidade de identificar, selecionar e acertar alvos em movimento está ligada ao sistema GMTI/MMTI, integrado aos radares de abertura sintética. O CAPTOR é um radar deste tipo, e deve ter também essa capacidade. Mas sem dúvida, não tão eficiente quanto o RBE2, em função da capacidade superior dos radares padrão PESA em operarem mapeamento dinâmico de solo. Essa capacidade também está ligada a capacidade interna da aeronave em processar informações em tempo real, e não busquei comparações entre Rafale e Typhoon, neste aspecto. O que sei é que o computador central do Rafale é um monstro de 128 processadores] Outra coisa, se um caça tem disponível um míssil como o Meteor, por que pensar em AMRAM? O Meteor utiliza a tecnologia RAMJET, logo além de mais moderno, terá maior alcance efetivo [nota de causa::até onde sei, o Meteor, que ainda não está em serviço, é um produto da MBDA, e estará disponível para ambas as aeronaves] e o Mica IR, um míssil infravermelho com TVC capaz de alcançar 30/35km de NEZ… Qual AIM-9 tem esta capacidade? Sobre o SPECTRA, ele é bem mais do que você expôs… Na verdade só encontra um rival no F-35… Exercícios realizados nos EAU, dão conta de que o Rafale superou o Typhoon de tal maneira que os emires continuam insistindo no Rafale, esperneando pelo preço, mas não largam o osso… [nota de causa:: Neste aspecto, acho que os emires estão certíssimos, e espero que nossos negociadores, se é que existem, façam exatamente a mesma coisa::

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s